CONFEITARIA PEIXINHO

«Tenho-o ali, no embrulhinho de papel pardo… São seis barrilinhos de ovos-moles de Aveiro. É um dôce muito célebre, mesmo lá fora. Só o de Aveiro é que tem chic…»
in Os Maias, de Eça de Queiroz, 1888.

É desta forma especial que, à entrada da Confeitaria Peixinho, uma rara primeira edição d’Os Maias expõe um excerto que celebra os Ovos Moles de Aveiro, homenageando este celestial doce conventual.

Agora também no aeroporto de Lisboa, não faltam motivos para levar o melhor de Portugal aos quatro cantos do mundo. Vai resistir?

Seja muito bem-vindo!